quatro amigos: joaquim, regis, arionaldo e cristiano. quatro bicicletas e um sonho. na bagagem, coragem e determinação. primeiro destino: de pelotas (rs) para brasilia (df).

Tuesday, January 23, 2007

e ja estamos partindo

hoje, dia 23, ja planejamos a nossa retirada de brasilia.
no dia previsto para chegarmos, estamos na verdade ja saindo.
aliás, de tudo que foi planejado so uma coisa deu certo mesmo: que sairiamos de pelotas e chegariamos em brasilia. o que ja é um bom sinal.
hoje fomos abordados de novo pela polícia, que deu uma girica geral, de metralhadora e tudo, procurando armas em nosso poder. só acharam armas quimicas, nos nossos pés e sovacos. hehehehe
amanha pela noite os dois mosqueteiros partem em um onibus com rumos a pelotas, levarao 32h p fazer o trajeto inverso que fizeram de bicicleta em 46 dias.
hoje é o quinto dia que estamos em brasilia, dia em que fomos despejados de nosso alojamento nos bombeiros.
conseguimos alojamento agora no estadio mané garrincha, com camas e tudo.
conhecemos brasilia de cabo a rabo, de asa a asa. rodamos mais de 100km pelo plano piloto.
berramos pela esplanada dos ministérios, tiramos uma onda no palacio do planalto e tentamos agarrar o Lula a unha.
apostamos corridas de bicicleta com os nativos e vencemos todinhas, colocamos eles no bolso, heeeeee gauchada macanuda esta.
comemos frutas esquisitas na rodoviaria, quase fomos atropelados algumas vezes, xingamos meio mundo e nos sentimos marcianos na babilonia.
escrevemos aqui do ap do marcelo, primo distante do ari, que nos recebe e nos ajuda a gravar os cds. imagina tu recebendo uma ligacao de noite, dizendo ser um primo seu que chega em brasilia e nao tem onde dormir, o pobre do marcelo quando nos viu, barbudos e fedidos, se apavorou com o presente surpresa, mas o maluco é gente boa e ate nos levou p jantar sem nem vergonha de andar com a gente pela rua.
daqui vou p bolivia, pego um aviao maluco que vai ate proto alegre, depois sao paulo, campo grande e entao santa cruz de la sierra. nao sei ainda como vou fazer p entrar em cochabamba ja que agora ate as rodovias foram bloqueadas, mas ninguem aqui quer peleia facil mesmo.
ainda nao conseguimos baixar as imagens mas vou tentar mandar uma foto que apareca nossos rostos quando chegamos aqui, marcados pela guerra.
é isto aí, por enquanto.
ao final da viagem contabilizamos 6 quedas, 31 pneus furados, um cambio, um eixo, um trocador e um passador, uma buzina, espelho, capacete, tenis, raios, freios e cadeado avariados. esqueci das catracas e do guidao quebrado. foram 2793km rodados ate aqui, em 46dias. 12kg a menos no lombo e uma licao completa de humildade e valores humanos exercitados.
os que voltam agora eu posso dizer que nao sao os mesmos que sairam. estes que estao voltando voltam com o espirito acima do corpo.
eu volto depois, p dar um enorme dum abraco em todo mundo.
um abraco gigantesco do joaquim antonio

1 Comments:

Blogger Manã Paisagismo said...

Dá-lhe maluco!!! Que tem feito? Eu estacionei aqui na Bahia e não saí mais,kkkkk.

Manda notícias aí do sul... que tem feito? Eu to com uma filhinha, eu o o Cleverson já não estamos juntos, o sol brilha, construí uma casa, sou professora do estado da BA, apaixonada pela vida que ando levando aqui.

Beijão

4:49 AM

 

Post a Comment

<< Home